Loading...

domingo, 8 de abril de 2012

Sugestão de estudo complementar para a prova de História 1º ano


Egito, Mesopotâmia, Grécia  e Roma em questões  discursivas  com gabarito comentado

Além do simulado esse post contém links para videos que abordam Grécia e Roma.
Espero que gostem.
Bons estudos!!! 
Esse material é complementar e não substitui a letura e revisão das questões do material UNO.

1. (Unifesp 2011)  A arte do Egito Antigo, além de estar inteiramente ligada às crenças religiosas, apresenta muitas informações sobre a sociedade da época.
a) Qual fator geográfico propiciava, numa região cercada por deserto, a atividade produtiva representada pela imagem?
b) Que significado religioso tinha para os egípcios a representação de cenas da vida cotidiana nos túmulos?
 
2. (Unifesp 2010)  (...) é no último quartel do século VII [a.C.] que a economia das cidades (...) volta-se decididamente para o exterior; o tráfico por mar vai então amplamente ultrapassar a bacia oriental do Mediterrâneo, entregue a seu papel de via de comunicação. A zona dos intercâmbios estende-se a oeste até a África e à Espanha, a leste até ao Mar Negro.

(Jean-Pierre Vernant. As origens do pensamento grego. São Paulo: Difel, 1991.)

O texto fala da expansão das cidades gregas no século VII a.C. Explique
a) por que o autor chama o Mar Mediterrâneo de “via de comunicação”.
b) os principais motivos dessa expansão.
 
3. (Fuvest 2010)  Na passagem da época romana para a época medieval, houve não só rupturas, mas também continuidades.

Caracterize essas continuidades no campo da

a) religião.
b) língua.
 
4. (Fuvest 2009)  No ano passado, aconteceu em Pequim mais uma Olimpíada. No mundo, peças teatrais estão sendo continuamente encenadas. Como se sabe, Olimpíadas e teatro (ocidental) foram uma criação da Grécia antiga.

Discorra sobre:
a) o significado dos jogos olímpicos para os antigos gregos;
b) as características do teatro na Grécia antiga.
 
5. (Unicamp 2008)  Nada é mais presente na vida cotidiana da coletividade do que a oratória, que partilha com o teatro a característica de ser a manifestação cultural mais popular e mais praticada na Atenas clássica. A civilização da Atenas clássica é uma civilização do debate. As reações dos atenienses na Assembleia eram influenciadas por sua experiência como público do teatro e vice-versa. Trata-se de uma civilização substancialmente oral. O grego era educado para escutar. O caminho de Sócrates a Aristóteles ilustra perfeitamente o percurso da cultura grega da oralidade à civilização da escrita, que corresponde, no plano político e social, à passagem da cidade-estado ao ecumenismo helenístico.
                (Adaptado de Agostino Masaracchia, "La prosa greca del V e del IV secolo a.C.". In: Giovanni D'Anna (org.). Storia della letteratura greca. Roma: Tascabile Economici Newton, 1995, p. 52-54.)

a) Estabeleça relações entre o modelo político vigente na Atenas clássica e a importância assumida pelo teatro e pela oratória nesse período.
b) Aponte características do período helenístico que o diferenciam da Atenas clássica.
 
6. (Unesp 2008)  A palavra colonização deriva do verbo latino "colo", com significado de "morar e ocupar a terra". Nesse sentido geral, o termo colonização aplica-se a deslocamentos populacionais que visam ocupar e explorar novas terras. Nos séculos VIII e VII a.C., os gregos fundaram cidades na Ásia Menor, na península itálica, na Sicília, no norte da África. Identifique algumas das características desse processo de colonização que o diferenciam da colonização realizada pelos europeus no continente americano nos séculos XVI ao XIX.
 
7. (Fuvest 2007)  Tendo em vista a economia, a sociedade, a política e a religião, os manuais de História Antiga agrupam, de um lado, as civilizações do Egito e da Mesopotâmia, e, de outro, as da Grécia e de Roma. Indique e descreva dois aspectos comuns aos pares indicados, isto é, às civilizações
a) egípcia e mesopotâmica.
b) grega e romana.
 
8. (Unesp 2006)  O historiador ateniense Tucídides, que viveu durante a Guerra do Peloponeso, escreveu sobre os gregos:

"... antes da Guerra de Tróia, [os habitantes da] Hélade nada [realizaram] em comum. Este nome mesmo não era empregado para designá-la no seu conjunto. [...] O que fica bem comprovado [nos livros de] Homero: ele que viveu numa época bem posterior à Guerra de Tróia, não utilizou a designação [de helenos] para o conjunto [dos gregos]. [...] Não utilizou, também, a expressão "bárbaros" porque, na minha opinião, os gregos não se encontravam ainda reunidos [...] sob um único nome que [lhes] permitisse [diferenciar-se de outros povos]. De qualquer forma, aqueles que receberam [mais tarde] o nome de Helenos [...] nada fizeram conjuntamente antes da Guerra de Tróia. [...] Essa expedição mesma os reuniu apenas num momento, naquele em que a navegação marítima encontrava-se mais desenvolvida".
                (Tucídides. "A guerra do Peloponeso". Século V a. C.)

Baseando-se no texto, responda.
a) Qual característica política dos gregos na Antiguidade é apresentada por Tucídides?
b) Por que, apesar da situação política expressa por Tucídides, pode-se falar de uma antiga civilização grega?
 
9. (Unesp 1992)  O historiador grego Heródoto (484-420 a.C.) viajou muito e deixou vivas descrições com reflexões sobre os povos e as terras que conheceu.  Deve-se a ele a seguinte afirmação: "o Egito, para onde se dirigem os navios gregos, é uma dádiva do rio Nilo ".

A partir da afirmação acima, ofereça subsídios adequados à compreensão da realidade meio físico/ação humana na formação da Civilização Egípcia.
 
10. (Unicamp 1991)  Na Roma antiga, o escravo era considerado um animal de trabalho sobre o qual o senhor detinha o direito de vida e de morte.
a) Em quais condições alguém se tornava escravo na Roma antiga?
b) Relacione três das principais atividades em que a mão de obra escrava era utilizada.
 
11. (Unesp 1990)  A Idade Média pode ser caracterizada por um longo processo de desenvolvimento e de lenta dissolução das relações servis de produção. Relacione os fatores históricos estruturais e conjunturais que contribuíram e influíram na formação do sistema feudal.
 
12. (Unesp 1989)  "Quem acreditaria que Roma, edificada pelas vitórias sobre todo o universo, viesse a cair? Que tivesse sido simultaneamente a mãe das nações e o seu sepulcro; que as costas do Oriente, do Egito e da África, outrora pertencentes à cidade dominadora, fossem ocupadas pelas hostes dos seus servos e servas; que em cada dia a santa Belém recebesse como mendigos pessoas de um e outro sexo que haviam sido nobres e possuidoras de grandes riquezas?"

Responda:
a) Quais acontecimentos São Jerônimo relata em sua lamentações?
b) Quais os "servos e servas" que ocuparam os antigos domínios da "mãe das nações"?
c) Por que pessoas que antes "haviam sido nobres e possuidoras de grandes riquezas" se transformaram em "mendigos"?
 
13. (Fuvest 1989)  Na Grécia Clássica, os deuses eram concebidos à imagem e semelhança do homem, postura invertida na Roma Imperial, na qual os cristãos viam o homem feito à imagem e semelhança de Deus.
Relacione a visão religiosa com a estrutura sócio-política em cada um dos casos acima.
 
14. (Fuvest 1988)  A crise romana do século III teve enorme importância na decadência do mundo antigo e na formação do mundo medieval. Descreva-a nos seus aspectos religioso e político.
 
15. (Fuvest 1982)  Qual foi a principal atividade econômica desenvolvida pelos fenícios e cretenses na Antiguidade? Indique duas justificativas.
 

Gabarito: 

Resposta da questão 1:
 a) A presença do Rio Nilo. É celebre a frase do historiador grego Heródoto, “O Egito é uma dádiva do Nilo”, que procura sintetizar a importância do rio para a produção na região. O processo de cheias e vazantes bastante regular garantia a fertilização da terra e água em abundância para as comunidades camponesas.

b) Um dos fundamentos da religiosidade egípcia era a crença na vida após a morte. Por isso, havia uma grande preocupação com os rituais de passagem e com a próxima vida. Nos túmulos eram representadas cenas do cotidiano e colocados objetos pessoais que parte da preparação para a vida eterna. 

Resposta da questão 2:
 a) Porque o mar Mediterrâneo era a principal via de circulação de navios do mundo antigo, integrando diferentes regiões e povos da Europa, Ásia e África.

b) Muitos historiadores contemporâneos apontam como causa para a expansão das cidades gregas no século VII a.C, necessidades comerciais e o grande crescimento demográfico que se iniciara no final do Período Homérico. Porém, há discordância quanto aos motivos comerciais, pois muitas das regiões colonizadas não tinham nenhum atrativo comercial para os gregos. Observa-se que bons portos, excelentes pontos para o desenvolvimento da atividade comercial, não foram ocupados por nenhuma colônia grega, indicando que nem sempre o objetivo mercantil era o principal para a expansão das cidades. Assim sendo, pode-se apontar que o principal motivo da expansão territorial grega tenha sido a busca de uma solução para a crise decorrente da explosão populacional iniciada no século VIII a.C. As condições geográficas da área continental da Grécia, um solo pouco fértil e pedregoso e o relevo montanhoso, não atendiam as demandas de uma população crescente. Esse movimento é conhecido como Segunda Diáspora Grega. 

Resposta da questão 3:
 a) No campo da religião, o cristianismo, oficializado no Império Romano pelo imperador Teodósio em 391 através do Edito de Tessalônica, sobreviveu à queda de Roma e consolidou-se como religião dominante na Europa Medieval, sobretudo devido à conversão dos povos bárbaros. O cristianismo constituiu-se como um dos elementos de unidade cultural da Europa Medieval.

b) No campo da língua, o latim sobreviveu como língua oficial da Igreja e idioma culto, mesmo deixando de ser idioma corrente, pois na Idade Média conviveu com os idiomas bárbaros. 

Resposta da questão 4:
 a) Os Jogos Olímpicos eram realizados na cidade de Olímpia em homenagem a Zeus, senhor do Olimpo na mitologia helênica. Para os antigos gregos, significavam ainda a confraternização entre as cidades-Estado e a celebração da superioridade do povo grego.

b) O teatro grego caracterizou-se pela restrição aos homens na atuação como atores, pelo uso de máscaras e as apresentações em anfiteatros ao ar livre. Quanto aos temas, caracterizou-se pelas tragédias e comédias. 

Resposta da questão 5:
 a) Na democracia anteniense, os cidadãos participavam diretamente da vida pública, atuando nos debates sobres as questões políticas, e envolviam-se praticamente da mesma forma nas apresentações das tragédias e comédias. A oratória, comum às duas situações, possuía valor relevante, tanto para a reflexão sobre questões políticas, quanto sobre valores morais.

b) O período helenístico caracterizou-se pela formação de um vasto império de caráter universal, diferentemente do regionalismo da Atenas clássica. A democracia foi superada pelo centralismo autocrático de Alexandre, o Grande. A cultura helênica, fundamentada no racionalismo, foi superada ao se fundir à cultura oriental, na qual se sobressaía a suntuosidade e o realismo excessivo, dando lugar à cultura helenística. 

Resposta da questão 6:
 A colonização grega dos séculos VIII e VII a.C., relaciona-se ao processo conhecido como "Segunda Diáspora",  vinculado à desintegração do sistema gentílico (dos genos). Já a colonização do continente americano resultou da Expansão Marítimo-Comercial Europeia, inserida no contexto da transição feudo-capitalista.
No caso da colonização grega, surgiram cidades-Estado que mantinham relações comerciais com a metrópole, mas não se subordinavam à economia da segunda e a produção baseava-se no escravismo antigo.
Quanto às colônias americanas da Idade Moderna,  não dispunham de autonomia econômica, pois estavam inteiramente subordinadas aos interesses da metrópole. Nelas empregava-se o trabalho escravo, porém em moldes capitalistas, isto é, associado à acumulação primitiva de capitais. 

Resposta da questão 7:
 a)  As civilizações egípcia e mesopotâmica constituíram-se como sociedades do modo de produção asiático, característico das civilizações designadas como impérios de regadio ou sociedades hidráulicas. A produção baseava-se na servidão coletiva e na propriedade das terras pelo Estado.
A monarquia teocrática era a forma de governo predominante nas duas civilizações.

b) As civilizações grega e romana constituíram-se como sociedades do modo de produção escravista, ou seja, toda a produção era realizada basicamente por escravos.
Outro elemento comum às duas civilizações era a cultura antropocêntrica, que considera homem o centro de tudo. 

Resposta da questão 8:
 a) Inexistência de unidade política, pois politicamente os antigos gregos se organizavam em comunidades autônomas, as cidades-estado.

b) Por que do ponto de vista étnico e cultural, os gregos apresentavam elementos comuns, tais como a religião, a língua e organização familiar
e econômica. 

Resposta da questão 9:
 O rio Nilo possibilitou a fixação de uma população que desenvolve técnicas de produção, contribuindo para o desenvolvimento da civilização egípcia. 

Resposta da questão 10:
 a) Por dívidas antes da Lei Licínia ou por conquistas militares.
b) Agricultura, minas, artesanato e comércio. 

Resposta da questão 11:
 Crise do escravismo romano, ruralização da economia romana, invasões bárbaras e as tradições bárbaras (comitatus). 

Resposta da questão 12:
 a) A desagregação do império romano do ocidente.
b) Povos "bárbaros".
c) A crise econômica do império acabou com muitos proprietários de terras e comerciantes. 

Resposta da questão 13:
 Na Grécia o politeísmo refletia o espírito humanista e o caráter antônimo das cidades e da sociedade grega.
No império romano, a não aceitação do imperador como divindade pelo monoteísmo cristão questionava-o como autoridade política. 

Resposta da questão 14:
 Crise do escravismo e fortalecimento do cristianismo. 

Resposta da questão 15:
 O comércio em virtude de sua posição geográfica e os recursos naturais de seus territórios. 




Série de vídeos sobre Grécia

Série de vídeos sobre Roma

Video 1

Video 2

Video 3

Video 4

Video 5


Video 6
Video 7


Video 8

Video 9


Video 10

2 comentários:

  1. Sensacional. vou fazer HISTÓRIA e já sei onde estudar. Muito obrigado professor.

    ResponderExcluir
  2. Fique a vontade e aproveite sem moderação!

    ResponderExcluir

HOTWORDS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Follow by Email

Textos relacionados