Google+ Followers

Oriente Médio e Palestina

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Questões discussivas com gabarito sobre Primeira guerra e crise de 29



1. (Unifesp 2011)  Numa quinta-feira, 24 de outubro de 1929, 12.894.650 ações mudaram de mãos, foram vendidas na Bolsa de Nova Iorque. Na terça-feira, 29 de outubro do mesmo ano, o dia mais devastador da história das bolsas de valores, 16.410.030 ações foram negociadas a preços que destruíam os sonhos de rápido enriquecimento de milhares dos seus proprietários. A crise da economia capitalista norte-americana estendeu-se no tempo e no espaço. As economias da Europa e da América Latina foram duramente atingidas. Franklin Delano Roosevelt, eleito presidente dos Estados Unidos em 1932, procurou combater a crise e os seus efeitos sociais por meio de um programa político conhecido como New Deal.

a) Identifique dois motivos da rápida expansão da crise para fora da economia norte-americana.
b) Caracterize de maneira geral o New Deal e apresente uma de suas medidas de combate à crise.
  
2. (Ufg 2010)  Leia os documentos a seguir.

            Os camponeses partem para o front com incrível entusiasmo; e as classes superiores da sociedade, quer sejam liberais ou conservadoras, os aclamam, desejando-lhes boa sorte […] Habitualmente, os camponeses sentiam que não tinham nada a fazer a não ser beber; mas agora não é mais assim. É como se a guerra lhes desse uma razão para viver […] No ardor dos soldados russos se percebe o entusiasmo que agita o coração dos antigos mártires se lançando para a morte gloriosa.

LE BON, Gustave. 1916 apud JANOTTI, Maria de Lourdes. A Primeira Guerra Mundial. O confronto de imperialismos. São Paulo: Atual, 1992. p.17.

            Após um ano de massacre, o caráter imperialista da guerra cada vez mais se afirmou; essa é a prova de que suas causas encontram-se na política imperialista e colonial de todos os governos responsáveis pelo desencadeamento desta carnificina. […] Hoje, mais do que nunca, devemos nos opor a essas pretensões anexionistas e lutar pelo fim desta guerra […] que provocou misérias tão intensas entre os trabalhadores de todos os países.

CONFERÊNCIA DE ZIMMERWALD - 5 a 8 de setembro de 1915. Apud JANOTTI, Maria de Lourdes. A Primeira Guerra Mundial. O confronto de imperialismos. São Paulo: Atual, 1992. [Adaptado].

No início da Primeira Guerra Mundial (1914-1918), estabeleceu-se, sobretudo na Europa, uma disputa de ideias em torno do envolvimento nesse conflito. Com base na leitura de cada um dos documentos, explique as posições assumidas sobre a participação na guerra.
  
3. (Ufrj 2008) 
A charge "Um cadáver", de J. Carlos, foi publicada em 1918. Nela, a Germânia diz: "E agora, meu filho?... Quem paga essas contas?" (Cadáver: gíria da época para credor, cobrador).
Entre 1914 e 1918, o mundo esteve envolvido de forma direta ou indireta em sua Primeira Grande Guerra. O quadro pós-conflito foi definido pelos países vencedores - Inglaterra, França e EUA - , tendo sido a Alemanha considerada a principal responsável pelo conflito.
Apresente duas determinações do Tratado de Versalhes (1919) que tiveram fortes repercussões para a economia alemã no pós- 1a Guerra.
  
4. (Ufg 2006)  Dá-se o nome de imperialismo à nova fase do capitalismo. Essa fase baseia-se na existência dos monopólios, no domínio do capital financeiro, na exportação de capitais excedentes para as áreas periféricas e na disputa entre os países pelo domínio de colônias e zonas de influência. Explique dois desdobramentos da política imperialista no início do século XX, no que diz respeito às políticas de aliança entre os países europeus e às disputas territoriais.
  
5. (Unesp 2004)  Encontrando-se o Estado em situação de poder calcular a eficiência (...) dos bens de capital a longo prazo e com base nos interesses gerais da comunidade, espero vê-lo assumir uma responsabilidade cada vez maior na organização direta dos investimentos.
(J. M. Keynes. A Teoria Geral do Emprego, do Juro e da Moeda. 1936.)

O ponto de vista de Keynes opõe-se a uma teoria econômica que predominou na política governamental dos Estados Unidos da América nos anos imediatamente anteriores à crise de 1929. Baseando-se nestas informações, responda.
a) A que teoria econômica Keynes se opunha?
b) Exemplifique, com duas medidas implementadas pelo New Deal, o esforço do governo Roosevelt para superar os efeitos sociais da crise econômica de 1929.
  
6. (Fuvest 2004)  A Primeira Guerra Mundial, (1914-1918), foi o primeiro conjunto de acontecimentos que abalou seriamente o domínio colonial e a existência de impérios europeus no século XX.

Tendo por base o texto, explique:
a) A associação entre o colonialismo europeu e a Primeira Guerra.
b) A relação entre a Primeira Guerra e a destruição do Império Russo.
  
7. (Ufrj 2004) 

"A mesma velha trincheira, a mesma paisagem,
Os mesmos ratos, crescendo como mato,
Os mesmos abrigos, nada de novo,
Os mesmos e velhos cheiros, tudo na mesma,
Os mesmos cadáveres no front,
A mesma metralha, das duas às quatro,
Como sempre cavando, como sempre caçando,
A mesma velha guerra dos diabos."
            (soldado inglês)

"Estamos tão exaustos que dormimos, mesmo sob intenso barulho. A melhor coisa que poderia acontecer seria os ingleses avançarem e nos fazerem prisioneiros. Ninguém se importa conosco. Não seremos substituídos. Os aviões lançam projéteis sobre nós. Ninguém mais consegue pensar. As rações estão esgotadas - pão, conservas, biscoitos, tudo terminou! Não há uma única gota de água. É o próprio inferno."
            (soldado alemão)

Fonte: Marques, Adhemar Martins et at (orgs.). História Contemporânea através de textos. São Paulo, Contexto, 2000, pp. 118 e 120.

Os fragmentos apresentam o depoimento de dois soldados, um inglês e o outro alemão, durante a Primeira Guerra Mundial (1914-1918).

a) Identifique duas características que estejam presentes em ambos os textos e expressem os sentimentos dos combatentes nessa fase da Primeira Guerra.
b) Cite duas consequências geopolíticas da Primeira Guerra para a Europa entre 1918 e 1939.
  
8. (Uerj 2003)  De acordo com as informações contidas na tabela, indique o fato histórico que motivou a alteração radical na posição econômica dos Estados Unidos e explique a consequência econômica resultante dessa alteração.



(Fonte: Historical Statistics of the United States, 1789-1945.)
(Adaptado de NIVEAU, Maurice. "História dos fatos econômicos contemporâneos." São Paulo: Difel, 1969.)
  
9. (Unesp 2002)  Um periódico norte-americano apresentou uma fotografia de um homem, ao lado de um automóvel luxuoso, com o seguinte cartaz: "$100 will buy this car. Must have cash. Lost all on the stock market."
Traduzindo: "Cem dólares compram este carro. Pagamento à vista. Perdeu tudo no mercado de ações." Esta imagem traduz uma das maiores crises da história do capitalismo.

a) Onde e quando teve início essa crise?

b) Indique os efeitos históricos desta crise para o Brasil.
  
10. (Uerj 2002)  Observe as gravuras referentes ao período da Primeira Guerra Mundial.

Considerando as transformações desse período, descreva:

a) uma transformação social que, decorrente da guerra, está diretamente relacionada às gravuras;

b) um reflexo da Primeira Guerra sobre a economia do Brasil.
  
11. (Ufes 1999)  Explique como a questão da Bósnia-Herzegovina influiu na deflagração da Primeira Grande Guerra Mundial.
  
12. (G1 1996)  Explique a Paz Armada, que antecedeu a Primeira Guerra Mundial.
  
13. (G1 1996)  Quais foram as alianças políticas e militares na Europa que antecederam a Primeira Guerra Mundial?
  
14. (Unesp 1991)  Esclareça por que a guerra de 1914 a 1918 é chamada de "Mundial" e relacione os nomes de três potências imperialistas da época que integraram a Tríplice Entente.













Gabarito:  

Resposta da questão 1:

 a) Um motivo mais geral é o fato de existir, desde o final do século XIX, um modelo capitalismo monopolista, integrado internacionalmente. Além disso, grande parte dos países europeus dependia de investimentos de empresas estadunidenses no processo de recuperação de suas economias, abaladas pela Grande Guerra.

b) Foi um programa econômico intervencionista baseado nas teorias econômicas de John Maynard Keynes, que pregava a importância do Estado como agente de definição da economia – e não o mercado como nas teorias liberais.
    Dentre as medidas adotadas, as mais destacadas são:
    - realização de obras públicas.
    - reforma no setor agrícola, garantindo aos produtores recursos.
            - Política trabalhista com um salário mínimo.  

Resposta da questão 2:

 No caso do primeiro documento, datado de 1916, expressa-se uma posição favorável à participação no conflito, em acordo com o princípio nacionalista. Para os nacionalistas, a guerra associava-se à defesa da Pátria, o que exigia a unidade do povo para defender os interesses internos. Nesse sentido, os nacionalistas atribuíram ao combate um caráter positivo e saneador, inclusive moral. No interior dessa atribuição, o soldado era visto como um herói e o entusiasmo articulava-se a um sentimento de dever para com a pátria que, por sua vez, preenchia de sentido a vida do combatente.
No caso do segundo documento, datado de 1915, a posição é contrária à guerra, sendo a expressão de um princípio socialista. Mesmo considerando as tensões internas ao movimento e a existência de alguns socialistas que apoiavam a participação no conflito, a guerra é interpretada, neste documento, como um sintoma da disputa imperialista e como um entrave aos interesses dos trabalhadores.  

Resposta da questão 3:

 O candidato poderá apresentar duas das seguintes determinações do Tratado de Versalhes (1919):
- imposição das chamadas indenizações punitivas tais como: pagamento de 132 bilhões de marcos-ouro em um prazo de trinta anos; confisco de todos os investimentos e bens nacionais ou privados alemães existentes no exterior; entrega anual de 40 milhões de toneladas de carvão aos aliados europeus por um período de dez anos;
- perdas territoriais que implicavam em significativos prejuízos econômicos tais como: restituição das ricas regiões, em minério, da Alsácia e da Lorena à França; entrega da bacia carbonífera do Sarre para a França durante quinze anos; divisão do império colonial alemão entre as potências vencedoras, principalmente França e Inglaterra.  

Resposta da questão 4:

 - Formação de alianças entre países motivadas por rivalidades políticas e para garantia de interesses econômicos (Tríplice Entente: Inglaterra, França e Rússia. Tríplice Aliança: Itália, Império Austro-Húngaro e Alemanha);
- Luta pela posse de colônias, o domínio das fontes de matérias-primas e de mercados definem o jogo político no século XIX;
- Conflitos envolvendo as novas potências que se formaram ao longo do século XIX (Alemanha e Itália) e as disputas pelos territórios coloniais na África e na Ásia.
- Crescimento dos nacionalismos, que levou à Primeira Guerra Mundial;
- Desmembramento dos antigos impérios (otomano, austro-húngaro, alemão e russo).  

Resposta da questão 5:

 a) Keynes se opunha ao liberalismo econômico e estabeleceu as bases do que se definiria como o "Estado do Bem-estar Social" (Welfare State).
b) A criação obras públicas para a geração de emprego e renda e a criação do seguro-desemprego.  

Resposta da questão 6:

 a) A Primeira Guerra Mundial foi consequência direta das disputas imperialistas entre as potências industriais europeias por territórios na África e na Ásia.
b) O regime czarista da Rússia já enfrentava severas críticas da burguesia liberal e de grupos políticos como os Bolcheviques e os Mencheviques. Durante o conflito, o país participou integrando a Tríplice Entente. No entanto, as derrotas para a Alemanha em decorrência da precariedade do exército russo, precipitaram as lutas internas que culminaram com a Revolução Bolchevique em outubro de 1917e consequente implantação do regime socialista.  

Resposta da questão 7:

 a) Os fragmentos deixam evidentes o sofrimento da guerra e o desespero diante das condições  de miséria e fome, sem a perspectiva de reversão.

b) Uma das consequências, foi o desmembramento dos impérios austro-húngaro com a redução da Áustria a 1/8 do seu território e por conseguinte, o surgimento da Tchecoslováquia, Polônia, Iugoslávia e Hungria e a outra, a perda de parcelas do território alemão para a França.  

Resposta da questão 8:

 Primeira Grande Guerra Mundial.

Modificaram-se os equilíbrios entre as nações vitoriosas. A Inglaterra perdeu a hegemonia sobre a economia mundial, e os EUA, através de investimentos maciços na América Central, no Caribe e na América do Sul, transformaram essas áreas em economias dependentes. O mesmo ocorreu com relação à Europa, onde a economia americana, através do seu setor financeiro, tomou o lugar da Inglaterra.  

Resposta da questão 9:

 a) Em outubro de 1929 com a quebra da Bolsa de Valores de Nova Iorque decorrente da crise de superprodução enfrentada pelos Estados Unidos desde o início da década de 1920.

b) A crise de 1929 agravou a crise política da república oligárquica contribuindo para a Revolução de 1930. A queda das exportações de café aliada as transformações sócio-econômicas vivenciadas pelo Brasil desde o início da década fragilizaram a estrutura agroexportadora e o modelo político oligárquico.  

Resposta da questão 10:

 a) Em virtude da mobilização de grande número de homens para a guerra, houve a necessidade de se ampliar a utilização da mão de obra feminina no mercado de trabalho, principalmente no setor de serviços.

b) Durante o período da Primeira Guerra Mundial, em virtude da conversão da indústria europeia para a guerra, o Brasil precisou substituir suas importações de bens de consumo, conhecendo um surto industrial.  

Resposta da questão 11:

 Em 1908 a Áustria anexou a Bósnia contrariando o imperialismo sérvio nos Balcãs e acirrando o nacionalismo sérvio que culminou com o assassinato do arquiduque Francisco Ferdinando, o príncipe austríaco, em 28 de junho de 1914, por um nacionalista do grupo "mão-negra", fato que deu início à Primeira Guerra Mundial.  

Resposta da questão 12:

 Foi a corrida armamentista entre as potências europeias caracterizada pela expansão da indústria bélica.  

Resposta da questão 13:

 Tríplice Aliança formada por Alemanha, Itália e Áustria-Hungria e Tríplice Entente, formada por Inglaterra, França e Rússia.  

Resposta da questão 14:

 Ela foi assim chamada pois ocorreu para pôr fim a vários conflitos espalhados pela Europa. Países que integraram a Tríplice Entente: Inglaterra, França e Rússia.  



Aula de 1º guerra com o professor Arão Alves














                                                            Aula de Revolução russa com o professor Arão Alves







Links para questões comentadas de outras disciplinas: 

http://praticandoalinguaportuguesananet.blogspot.com.br/




Bons estudos!
Professor Arão Alves
-->

Nenhum comentário:

Postar um comentário

HOTWORDS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Follow by Email

Textos relacionados