Google+ Followers

Oriente Médio e Palestina

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Exercícios discusivos com gabarito comentado - Revisão de Totalitarismos e Segunda Guerra - 2º ano - Prova de História


1. (Ufpr 2012)  “(...) O totalitarismo difere essencialmente de outras formas de opressão política que conhecemos, como o despotismo, a tirania e a ditadura”.

(Arendt, Hannah. As origens do totalitarismo. São Paulo: Cia das Letras, 1989, p. 512).

Explique a especificidade do totalitarismo nazista, destacando seu contexto de desenvolvimento e suas características principais.
  
2. (Unesp)  Em 1922, Ele marcha sobre Roma. Ele é a Itália em movimento. A Revolução prossegue. Depois de meio século de letargia, a nação cria seu próprio regime. Surge o Estado dos italianos. Seu poder manifesta-se. Suas virtudes vêm à tona. Seu império está em formação.
Esse grande renascimento (...) terá o nome Dele. Em todo o mundo se inaugura um século italiano: o século de Mussolini.

(Augusto Turati (1928), citado por Donald Sassoon. Mussolini e a ascensão do fascismo, 2009.)

O perfil de Benito Mussolini foi escrito em 1928 e mostra algumas características do fascismo italiano. Identifique, a partir do documento, como esse perfil de Mussolini, traçado pelo autor do texto, caracteriza a ideologia fascista e se opõe aos princípios políticos democráticos.
  
3. (Ufrj)  Cresce a oferta de material neonazista em alemão na internet

            Relatório do Jugendschutz.net (literalmente “proteção da juventude”), uma iniciativa de governos estaduais para a proteção de jovens usuários da internet, aponta que extremistas de direita usam cada vez mais a rede mundial de computadores para divulgar suas ideias, combinar ações e conquistar novos adeptos.
            Em 2009 foram registrados 1872 sites da cena neonazista com conteúdo em alemão, 237 a mais do que no ano anterior e 839 a mais do que em 2005. Também a oferta de sites dedicados ao partido extremista NPD cresceu, passando de 190 para 242 entre 2008 e 2009.
            Segundo Stefan Glaser, responsável pela área que monitora o extremismo de direita na Jugensdschutz, ‘a internet é o meio de propaganda por excelência para os extremistas de direita’. 
            Ainda segundo o relatório, cerca de 70% do conteúdo extremista disponível em alemão em 2009 estava armazenado em servidores fora da Alemanha, principalmente nos Estados Unidos.”

Fonte: adaptado de www.dw-world.de em 24.08.2010.

A difusão do ideário nazista, agora facilitada pelas novas mídias, preocupa crescentemente não só as autoridades como também boa parte da sociedade alemã.
Explique dois princípios ideológicos marcantes do nazismo entre 1920 e 1945.
  
4. (Ufrj)  "O fascismo rejeita na democracia o embuste convencional da igualdade política, o espírito de irresponsabilidade coletiva e o mito da felicidade e do progresso indefinido [...] Não se deve exagerar a importância do liberalismo no século passado, nem convertê-lo numa religião da humanidade para o presente e o futuro, quando na realidade ele foi apenas uma das muitas doutrinas daquele século [...] Agora o liberalismo está prestes a fechar as portas de seu templo deserto [...] O presente século é o século da autoridade, um século da direita, um século fascista" (Benito Mussolini)
            Fonte: MAZOWER, Mark. "Continente sombrio: a Europa no século XX". São Paulo: Companhia das Letras, 2001, p. 29.

O discurso proferido por Mussolini explicita a concepção política fascista nos anos 20 e 30 do século passado.
Cite dois aspectos do regime fascista contrários aos princípios liberais.
  
5. (Ufc)  Nos Jogos Olímpicos de Berlim, realizados em 1936, o atleta norte-americano Jesse Owens ganhou quatro medalhas de ouro. Na disputa do salto em distância, cravou 8,06 metros, novo recorde olímpico, deixando a prata para o atleta alemão Luz Long. Adolf Hitler não permaneceu para a cerimônia de premiação, abandonando o estádio olímpico.

a) Responda as questões a seguir, relacionadas a esse fato.
I. Qual a ideologia política que dominava a Alemanha naquela época?
II. Qual a relação entre a vitória de Jesse Owens, a ideologia que dominava a Alemanha e o abandono do estádio por parte de Hitler?
III. Adolf Hitler era um artista frustrado; tentou ingressar na Academia de Belas Artes de Viena e não conseguiu. Do ponto de vista estético, qual o modelo de arte e cultura valorizado pelo regime comandado por Hitler na Alemanha?

b) A utilização dos Jogos Olímpicos para fins políticos é uma prática bastante comum. Nas Olimpíadas de 1968, realizadas na Cidade do México, durante a premiação de uma prova de atletismo, dois atletas norte-americanos estenderam um dos braços para o alto com o punho fechado envolto por uma luva negra. Explique o significado desse ato para a época.
  
6. (Ufg)  Leia o fragmento a seguir.

Em janeiro de 1941, a sorte da Europa e do mundo parecia selada. Só um cego e um surdo voluntário podia duvidar do destino reservado aos judeus numa Europa alemã.
            LEVI, Primo. "A tabela periódica". Rio de Janeiro: Relume-Dumará, 1994. p. 55. [Adaptado].

O texto acima se reporta a um acontecimento decisivo ligado à Segunda Guerra Mundial (1939-1945). Com base nessas informações, responda qual era o destino a que o autor se refere no texto e explique o princípio que legitimava esse destino.
  
7. (Puc-rio)  "A catástrofe humana desencadeada pela Segunda Guerra Mundial é quase certamente a maior na história humana. O aspecto não menos importante dessa catástrofe é que a humanidade aprendeu a viver num mundo em que a matança, a tortura e o exílio em massa se tornaram experiências do dia a dia que não mais notamos."
            (HOBSBAWM, Eric. "A Era dos Extremos". São Paulo: Companhia das Letras, 1995)

A partir da leitura do trecho apresentado:
a) Identifique duas consequências da Segunda Guerra Mundial para a África e Ásia.
b) Explique uma característica da "Era da Guerra Fria" iniciada após a Grande Guerra.
  
8. (Uerj) 
Há setenta anos iniciava-se a Guerra Civil Espanhola, que se estendeu até 1939 e foi uma das mais violentas lutas civis ocorridas no período entre guerras.
Descreva, em linhas gerais, a Guerra Civil Espanhola e um dos posicionamentos adotados por países europeus em relação a esse conflito.
  
9. (Ufu)             Nosso povo alemão, hoje esfacelado, jazendo entregue, sem defesa, aos pontapés do resto do mundo, tem precisamente necessidade da força, que a confiança em si proporciona. Todo sistema de educação e de cultura deve visar a dar às crianças de nosso povo a convicção de que são absolutamente superiores aos outros povos.
            Trecho do livro "Minha Luta", escrito por Adolf Hitler entre 1923 e 1924.

Tomando como referência o trecho transcrito, responda:
a) Qual é a relação entre o contexto econômico da República de Weimar e a ascensão do nazismo na Alemanha ?
b) Explique um dos princípios da doutrina nazista.

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:
A história das Copas do Mundo de Futebol está, em diversos aspectos, associada às transformações que marcaram as relações internacionais contemporâneas. Gestada, como projeto, pela FIFA, no decorrer das décadas de 1910 e 1920, a primeira Copa, ocorrida em 1930, no Uruguai, contou com a participação das seleções de 13 países americanos e europeus. Realizadas, desde então, de quatro em quatro anos, vieram a ser suspensas em 1942 e 1946, e reiniciadas, com regularidade, a partir de 1950. Dessa data em diante, o número de países inscritos nas eliminatórias e de países participantes tendeu a crescer. Na Copa de 1958, na Suécia, 46 países estiveram presentes nas eliminatórias, tendo 16 disputado o campeonato. Na Copa de 1970, no México, tais números passaram, respectivamente, para 68 e 16. Em 1990, na Itália, foram 103 seleções nas eliminatórias e 24 participantes. Em 2002, na Coréia do Sul e no Japão, alcançaram-se os números de 193 países nas eliminatórias e 32 participantes. Em paralelo a esse aumento, assistiu-se, na década de 1990, à diversificação dos países inscritos. As seleções participantes foram não somente americanas e europeias, como em 1930, mas também, africanas e asiáticas. A Copa, em alguma medida, se globalizava.


10. (Puc-rio)  Caracterize a conjuntura internacional entre 1942 e 1946, de modo a explicar a suspensão das Copas do Mundo de Futebol nesse período.
 



Gabarito:  


Resposta da questão 1:

Terminada a Primeira Guerra Mundial, realizou-se a Conferência de Paris, que considerou a Alemanha como responsável pela guerra e impôs à mesma o pagamento de indenizações, a perda de colônias e territórios na Europa e sua desmilitarização. Tais imposições geraram grave crise econômica no país, agravadas posteriormente pela crise de 29. Essa situação de crise, entendida como fruto das imposições, aguçou o sentimento nacionalista e de vingança por parte da população.
Em 1919, foi fundado o Partido Nazista, tendo Adolf Hitler como líder. O nazismo surgiu como uma ideologia totalitária, que se baseava no controle do Estado sobre a organização da economia e da sociedade, contra o liberalismo e o socialismo apoiada em ações repressivas e em forte propaganda, considerando a supremacia da raça ariana e um forte discurso antissemita.  

Resposta da questão 2:

O autor do texto faz uma grande exaltação do líder fascista, identificando características de sua personalidade com as da nação. As principais características do perfil de Mussolini estão relacionadas ao dinamismo dado por ele e por seu movimento ao país exaltando a liderança pessoal como necessária para a formação de um império. Percebe-se a necessidade de centralização do poder na figura de um líder, o Duce, desprezando as formas democráticas coletivas e organização e exercício do poder.  

Resposta da questão 3:

O candidato poderá desenvolver, entre outros, dois dos seguintes princípios: o antissemitismo, ou seja, o ódio e perseguição aos judeus; o racismo, ao considerar como seres inferiores todos aqueles que não fossem de origem ariana, como os próprios judeus, ciganos, eslavos etc; o totalitarismo, ou seja, a defesa de que a vida social e o indivíduo devam estar inteiramente submetidos aos interesses de um Estado autoritário, o que autorizaria a este eliminar as liberdades individuais; as forças políticas de oposição e a democracia representativa; o militarismo, como instrumento de defesa de uma ordem que assegure a obediência ao Estado; garanta um aparato repressivo capaz de impedir qualquer tipo de oposição a suas diretrizes e sirva de base para uma política expansionista; o unipartidarismo, a concepção de que um único partido inteiramente identificado com as orientações do Estado totalitário é capaz de representar a sociedade; o pan-germanismo, produto de um nacionalismo extremado que defendia a organização de todos os alemães em um único Estado germânico que fosse a expressão da superioridade da raça ariana.  

Resposta da questão 4:

O aluno deverá citar, dentre outras, as seguintes características dos regimes fascistas que se opõem aos princípios liberais: Estado totalitário, corporativismo, unipartidarismo, culto à personalidade.  

Resposta da questão 5:

 O Partido Nacional-Socialista Alemão dominou politicamente a Alemanha desde a ascensão de Hitler ao poder, em 1933, até o final da Segunda Guerra Mundial, em 1945, constituindo uma ideologia totalitária denominada nazismo. Os Jogos Olímpicos de Berlim foram deliberadamente utilizados para fazer propaganda ideológica do regime nazista. Jesse Owens era afro-descendente, e sua vitória abalava o mito da superioridade da raça ariana, um dos pilares da ideologia nazista. Por isso, Hitler retirou-se antes da cerimônia de premiação. Do ponto de vista estético, o nazismo admirava a cultura e a arte greco-romanas, valorizando as obras em estilo clássico. Este foi um dos motivos da ênfase às Olimpíadas como meio de promoção da estética corporal da raça ariana. Durante a década de 1960, intensificou-se, dentro dos EUA, a luta dos afro-descendentes pelos direitos civis. Inicialmente desenvolvida por meio da política da desobediência civil, o assassinato, em 1968, do líder pacifista do movimento negro americano, Martin Luther King, trouxe uma radicalização no conteúdo político da luta, levando ao surgimento de movimentos de ação direta como os black panthers (panteras negras) e os black muslins (muçulmanos negros), ambos associados ao movimento Black Power (Poder Negro), cujo símbolo era o braço estendido para o alto com o punho fechado.  

Resposta da questão 6:

Destino: O destino reservado aos judeus era o Holocausto (campos de concentração, extermínio, genocídio, massacre).

Princípio: O princípio que orientava a prática de extermínio sistemático era o anti-semitismo. Tal princípio justificava a afirmação quanto à inferioridade dos judeus, de um lado, e à superioridade da raça alemã, de outro. Essa afirmação associava-se às práticas eugênicas, que pressupunham uma humanidade dividida hierarquicamente em raças humanas. Essa divisão legitimava uma política de supressão racial, com vistas à purificação da raça ariana.  

Resposta da questão 7:

a) O candidato deverá identificar duas entre as seguintes consequências: início do processo de descolonização da África e da Ásia; início de movimentos de independência na África e na Ásia seja através de violentas guerras ou de processos de negociação; Conferência de Bandung (1955) que discutiu os problemas do colonialismo, do racismo, dos males resultantes da submissão dos povos ao jugo do estrangeiro e contribuiu para a afirmação da identidade desses novos países que surgiam no cenário mundial naquele momento; afirmação das ideias de Terceiro Mundo, autodeterminação, neutralidade e não-alinhamento; criação de organismos supranacionais de integração regional, como, por exemplo, a Organização do Tratado da Ásia do Sudeste (Otase), o Pacto de Bagdá e o Congresso Pan-Africano; disputa entre EUA e URSS para o estabelecimento de áreas de influência nestes continentes.

b) O candidato deverá explicar uma entre as seguintes características: o reconhecimento, a partir do final da Guerra, da existência de profundas divergências políticas, econômicas e ideológicas entre a União Soviética e os Estados Unidos; a formação de dois blocos políticos antagônicos: o Bloco Capitalista liderado pelos Estados Unidos e o Bloco Socialista liderado pela URSS; a disputa por áreas de influência em todo o mundo entre a União Soviética e os Estados Unidos; a luta pela manutenção dos acordos firmados nas Conferências de Ialta e Potsdã; a existência de um equilíbrio advindo do grande poderio militar (nuclear) tanto dos Estados Unidos quanto da União Soviética, que evitavam se destruir, passando a se chocar diplomaticamente e em locais onde não havia risco de conflito nuclear; a criação de organismos internacionais e a assinatura de tratados que ajudavam a conformar a existência de dois blocos antagônicos (COMECON, Plano Marshall, OTAN, Pacto de Varsóvia, por exemplo); a ocorrência de inúmeros e constantes momentos de tensão e conflito entre a URSS e os EUA (Crise de Berlim (1948/49), Guerra da Coreia, Guerra do Vietnã, construção do Muro de Berlim etc.).  

Resposta da questão 8:

A Guerra Civil Espanhola foi uma batalha ideológica entre adeptos do fascismo e do socialismo, iniciada em 1936 com a revolta de líderes do Exército contra as crescentes tendências socialistas e anticlericais do governo eleito da Frente Popular Republicana.
            Um dentre os posicionamentos:
- a intervenção dos países fascistas 'Alemanha e Itália' a favor dos nacionalistas, que englobavam monarquistas, católicos e membros da Falange Fascista, que se expressou, entre outros aspectos, pelo envio de armamentos
- o apoio da União Soviética e de simpatizantes de esquerda de todo o mundo, que formaram as Brigadas Internacionais de voluntários
- a neutralidade da Inglaterra e da França (Liga das Nações), que, embora reconhecessem a legitimidade do governo republicano eleito, optaram por uma política de não-intervenção  

Resposta da questão 9:

a) A República de Weimar compreende o período da História Alemã que se estende do fim da Primeira Guerra Mundial à ascensão do nazismo de 1919 a 1933, marcado por graves problemas políticos e econômicos dentre os quais as dificuldades em combater revoltas de esquerdistas radicais, a tentativa de golpe dos nazistas para chegar ao poder (Putsch de Munique) e a insatisfação de trabalhadores e da classe média com as dificuldades decorrentes da desvalorização da moeda nacional pelo pagamento das pesadas indenizações de guerra impostas aos alemães pelo Tratado de Versalhes. Em suma, as péssimas condições do pós-guerra implicaram em uma situação de caos na Alemanha, que alimentaram um sentimento revanchista, abrindo um espaço privilegiado para a implementação do regime nazista que, pautado no totalitarismo entre outros, seria a chave mestra para o reerguimento da nação.

b) O aluno poderia escolher entre vários princípios, a saber:
- Totalitarismo: concentração dos poderes nas mãos do Estado;
- Expansionismo: política de alargamento territorial, busca do "espaço vital";
- Nacionalismo: aviltamento dos sentimentos referentes à nação;
- Militarismo: desenvolvimento das técnicas militares como elemento definidor da ordem interna e dos projetos de expansão (Quem tem aço, tem pão);
- Anti-Liberalismo: combate aos princípios não intervencionistas na Economia;
- Anti-Comunismo: combate aos princípios e práticas de esquerda;
- Anti-Semitismo: hostilidade contra os povos semitas, especialmente aos judeus e sua cultura;
- Arianismo: busca de uma raça pura.  

Resposta da questão 10:

O aluno deve identificar a ocorrência, naquele período, 1942-1946, da Segunda Grande Guerra (1939-1945). As dimensões desse conflito, em especial a partir de 1941, expandiram-se naquilo que se referiu ao número de países diretamente envolvidos e à ampliação das áreas de enfrentamento militar. Cabe, nesse sentido, destacar, a entrada dos EUA e da ex-URSS no conflito e a formalização, em 1942, da criação do bloco dos Aliados, contando com a presença dos governos soviético, norte-americano e inglês, entre outros. Tal conjuntura, marcada pela decisão dos aliados de fortalecer a ofensiva contra os países do Eixo (Alemanha, Japão e Itália), interferiu, de forma direta, na participação de outros países, americanos e asiáticos, nos enfrentamentos bélicos, no front europeu, no Pacífico e nas áreas coloniais africanas. Em um quadro de expansão da guerra e no momento imediatamente posterior ao seu fim não houve condições e recursos de organizar uma competição esportiva - Copa do Mundo de Futebol - que se pautava no entendimento e na cooperação diplomática entre os países que dela viessem a participar.  

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Não concordo que com algo na primeira questão, o nazismo não era contra o socialismo e sim contra o comunismo. Tanto prova que o nome do partido era: Partido Nacional SOCIALISTA dos Trabalhadores Alemães

    ResponderExcluir
  3. O socialismo no século XIX é sensivelmente diferente do socialismo soviético do século XX. Esses conceitos no século XX podem gerar confusão e imprecisão teórica. Quando o rigor teórico é grande a coisa fica mais complicada ainda. O socialismo presente na resposta é o socialismo marxista correspondente à chamada "ditadura do proletariado", em outras palavras, o período de transição entre o capitalismo e o comunismo que Marx defendia

    ResponderExcluir

HOTWORDS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Follow by Email

Textos relacionados