Loading...

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Questões discusivas com gabarito comentado - Renascimento Cultural




1.   Um dos aspectos mais importantes da nova ordem decorrente do Renascimento foi a formação das repúblicas italianas. Dentre elas, se destacaram Florença e Veneza. Essas repúblicas inovaram no sentido das suas formas de governo, assim como na redefinição do lugar do homem no mundo, inspirando a partir daí novas formas de representá-lo.
a) Tomando o caso de Florença, explique como funcionavam as repúblicas italianas, levando em conta a organização política e os vínculos entre os cidadãos e a cidade, e indique o nome do principal representante das ideias sobre a política florentina no século XVI.
b) Analise o papel de Veneza no desenvolvimento do comércio europeu, e suas relações com o Oriente.
  
2.   As imagens abaixo ilustram alguns procedimentos utilizados por um novo modo de conhecer e explicar a realidade que se estruturou entre os séculos XVI e XVIII.




Com base nas informações acima e em seus conhecimentos, responda ao que se pede:

a) Que processo histórico pode ser identificado pelas referências acima?
b) Cite e analise uma característica desse novo modo de conceber o conhecimento.
c) Explique o impacto desse novo modo de conceber o conhecimento sobre os dogmas religiosos vigentes na época.
  
3.   Observe a imagem e leia o texto a seguir.



            Michelangelo começou cedo na arte de dissecar cadáveres. Tinha apenas 13 anos quando participou das primeiras sessões. A ligação do artista com a medicina foi reflexo da efervescência cultural e científica do Renascimento. A prática da dissecação, que se encontrava dormente havia 1.400 anos, foi retomada e exerceu influência decisiva sobre a arte que então se produzia.

Clayton Levy, “Pesquisadores dissecam lição de anatomia de Michelangelo”. Jornal da Unicamp, nº 256, junho de 2004, http://www.unicamp.br/unicamp/unicamp_hoje/ju/junho2004/ju256pag1.html. Acessado em 11/06/2010.

a) Explique a relação, mencionada no texto, entre artes plásticas e dissecação de cadáveres, no contexto do Renascimento.
b) Identifique, na imagem acima, duas características da arte renascentista.
  
4.   O Renascimento, como expressão de concepções inovadoras de artistas, escritores e cientistas, marcou o campo cultural e o científico da civilização europeia ocidental.
Partindo dos conhecimentos sobre o movimento renascentista, indique uma concepção, relativa a cada grupo indicado, responsável por modificações na mentalidade da época.

Concepção inovadora de
• artistas:

• escritores:

• cientistas:
  
5.   Desde a Antiguidade até a época helênica, e durante a Idade Média (em algumas culturas, até hoje) se conferiu aos terremotos, como a todos os fenômenos cuja causa se desconhecia, uma explicação mística. Os filósofos da antiga Grécia foram os primeiros a aventar causas naturais dos terremotos; no entanto, durante o período medieval, explicações desse tipo foram formalmente proibidas por serem consideradas heréticas, e a única causa aceita na Europa era a da cólera divina. Somente em princípios do século XVII é que se voltou a especular acerca das causas naturais de tais fenômenos.

Alejandro Nava, Terremotos. 4ª ed. México: FCE, 2003, p.24-25. Traduzido e adaptado.

O texto menciona mudanças, da Antiguidade até o início do século XVII, na explicação dos fenômenos naturais. Hoje em dia, também é preciso considerar que as consequências dos terremotos não dependem só de sua magnitude, mas também do grau de desenvolvimento social do local onde ocorrem, como foi possível notar nos terremotos de 2010 no Haiti.

a) Identifique e explique as mudanças que, no contexto intelectual do século XVII, contribuíram para que os terremotos e outros fenômenos naturais deixassem de ser vistos apenas como fenômenos místicos.
b) No caso do Haiti, a pobreza do país ampliou o efeito devastador do fenômeno natural. Explique, historicamente, essa pobreza e seu impacto no agravamento das consequências dos terremotos.
  
6.   A Pietà é uma escultura em mármore de Michelangelo (1475-1564), realizada no fim do século XV, no contexto do Renascimento. Giorgio Vasari (1511-1574), um dos mais importantes intérpretes da obra de Michelangelo, ao falar desta obra, destaca seu refinamento técnico. O próprio Michelangelo reconheceu a maestria da Pietà ao gravar, pela primeira vez, sua assinatura na faixa que atravessa o peito da Virgem. Ainda a propósito dessa escultura, Vasari comenta:

"Como a mão do artista pôde realizar, de maneira tão divina, em tão pouco tempo uma obra tão admirável? Parece um milagre: que uma rocha informe tenha atingido uma perfeição tamanha que a própria natureza só raramente a modela na carne."
            Paolucci, Antonio. MICHELANGELO. Florença, ATS. 1993.

A partir do comentário de Vasari, apresente o contexto histórico em que se insere o Renascimento, as novas concepções que passaram a orientar a produção artística e sua relação com a nova visão - humanista - de mundo que marca esse movimento estético-cultural.
Produza um texto-síntese em que as informações utilizadas estejam claramente articuladas, contextualizadas e relacionadas às discussões propostas. A resposta poderá, ainda, ser aprofundada por meio do destaque de outras obras e nomes expressivos do Renascimento.
  
7.   "Há muitas maravilhas mas nenhuma é tão maravilhosa quanto o homem. ...homem de engenho e artes inesgotáveis... soube aprender sozinho a usar a fala e o pensamento mais veloz que o vento... sagaz de certo modo na inventiva além do que seria de esperar e na destreza, que o desvia às vezes para a maldade, às vezes para o bem...."
            (ANTÍGONA, Sófocles, 497 - 406, a.C.)

"Este animal previdente, sagaz, complexo, penetrante, dotado de memória, capaz de raciocinar e de refletir, ao qual damos o nome de homem... Único entre todos os vivos e entre todas as naturezas animais, só ele raciocina e pensa.  Ora, o que há... de mais divino que a razão, que chegada à maturidade e à sua perfeição é justamente chamada de sabedoria?"
            (SOBRE AS LEIS, Cícero, 106 - 43, a.C.)

"Eu não te dei, Adão, nem um lugar predeterminado, nem quaisquer prerrogativas.... Tu mesmo fixarás as tuas leis sem estar constrangido por nenhum entrave, segundo teu livre arbítrio, a cujo domínio te confiei.... Poderás degenerar à maneira das coisas inferiores, que são os brutos, ou poderás, segundo tua vontade, te regenerar à maneira das superiores, que são as divinas."
            (SOBRE A DIGNIDADE DO HOMEM, Pico della Mirandola, 1463 - 1494)

a) Qual o assunto dos textos e como é denominada a concepção neles presente?
b) Qual a relação existente entre o universo cultural de Pico della Mirandola e o de Sófocles e Cícero?
  
8.   O Renascimento marcou o início da Idade Moderna.  Indique e comente duas características fundamentais do Renascimento.
  
9.   "Renascimento é o nome dado a um movimento cultural italiano e às suas repercussões em outros países. Caracteriza-se pela busca da harmonia e do equilíbrio nas artes e na arquitetura acrescentando aos temas cristãos medievais outros temas inspirados na mitologia e na vida cotidiana."
                        (DICIONÁRIO DO RENASCIMENTO ITALIANO, Zahar Editores, 1988)
                       
Em que momento da história europeia se situa esse movimento e qual a principal fonte de inspiração para os intelectuais e artistas renascentistas?
  
10.   A revolução cultural renascentista expressa um conjunto de mutações históricas. Esclareça a importância das cidades e dos mecenas para o Renascimento na Itália.
 
Gabarito:  

Resposta da questão 1:
 a) Os candidatos poderão explicar que as repúblicas italianas da Renascença desenvolveram formas de organização política opostas ao domínio dos senhores feudais, estabelecendo como base a cidade e nela constituindo um governo coletivo voltado para a garantia de sobrevivência da cidade e liderado pelos chanceleres. Para efetivar isso, desenvolveram uma verdadeira atitude de patriotismo entre os seus habitantes que recebeu o nome de virtude cívica e que coloca a cidade como principal objetivo da vida do cidadão. O principal nome da política de Florença foi Maquiavel.
No entanto, vale a pena lembrar que a organização independente das cidades italianas é anterior ao Renascimento e sua importância já é destacada na Baixa Idade Média, como renascimento comercial.
b) Os candidatos devem explicar o papel vanguardista de Veneza no desenvolvimento do comércio com o Oriente e associar a isso a variedade de produtos colocados na Europa que aumentaram o comércio e expandiram o luxo. Em decorrência disso, foram criadas novas necessidades que ajudaram a alterar as formas econômicas feudais e que levaram às trocas científicas e culturais com o Ocidente. Tais modificações alimentaram mudanças no cenário da ciência, da religião e da arte.
Os mercadores de Veneza tiveram papel fundamental na reabertura do Mediterrâneo ao comércio europeu, na época das cruzadas, contribuindo para o aumento da circulação de mercadorias orientais, as especiarias.  

Resposta da questão 2:
 a) Revolução Científica. Também serão aceitos: renascimento científico, renascimento da ciência moderna. O Renascimento Científico pode ser enquadrado no contexto do Renascimento Cultural que, ao contrário do senso comum, não deve ser vinculado apenas à arte, mas a toda produção cultural guiada pelo racionalismo, espírito crítico, antropocentrismo e humanismo.
b) O estudante poderá destacar, dentre outras: o racionalismo, empirismo, o antropocentrismo, a experimentação, a observação. O racionalismo se contrapõe ao dogmatismo (a crença em verdades absolutas e universais), dessa forma está associado ao senso crítico e a possibilidade de levantar e discutir novas hipóteses em todos os campos do saber. O antropocentrismo não deve ser percebido apenas como “o homem no centro”, representa a preocupação em entender e, nesse sentido, em dar importância ao ser humano.
c) O estudante poderá destacar, dentre outros: o choque entre as concepções teocêntricas e da Igreja Católica e as baseadas no empirismo e no racionalismo. Também será considerada a identificação das reações que este processo produziu na Igreja, a exemplo do acirramento das perseguições aos adeptos desta nova forma de pensar e da condenação de diversas obras de intelectuais da época. Além de obras condenadas, diversos intelectuais foram condenados e executados na fogueira, destacando-se como principais exemplos Giordano Bruno e Galileu Galilei (que para fugir à condenação negou suas teorias).   

Resposta da questão 3:
 a) Influenciado pelas concepções gregas de humanismo e naturalismo, os renascentistas procuravam reproduzir e valorizar o homem. A dissecação de cadáveres – como mencionada no texto – permitiu maior conhecimento do corpo humano, favorecendo a riqueza de detalhes e fortalecendo o realismo.

b) A valorização do ser humano (antropocentrismo) e a adoção da perspectiva na pintura, associada a novidades como a noção de profundidade e a projeção de luz e sombra.  

Resposta da questão 4:
 Concepções inovadoras de artistas:
• técnicas de perspectiva, de tridimensionalidade, introduzindo a impressão de realismo;
• inclusão de paisagens da natureza;
• influência do humanismo na reprodução de formas humanas;
• temas religiosos revestidos de percepção humanista.

Concepções inovadoras de escritores:
• humanismo, destacando-se as emoções humanas;
• textos em línguas nacionais, abordando temas profanos e das culturas locais;
• revisão crítica de textos clássicos;
• inclusão de temas políticos.

Concepções inovadoras de cientistas:
• valorização da observação e da experiência;
• influência do humanismo, libertando o estudo do universo e da Terra;
• abordagens de estudos no campo da física e no da medicina.

Renascimento é o nome que se dá a um grande movimento de mudanças culturais, que atingiu as camadas urbanas da Europa Ocidental entre os séculos XIV e XVI, caracterizado pela retomada dos valores da cultura greco-romana, ou seja, da cultura clássica. Esse momento é considerado como um importante período de transição envolvendo as estruturas feudo capitalistas.  

Resposta da questão 5:
 a) O século XVII foi marcado pela consolidação e expansão de uma visão racionalista e científica de mundo, fruto do movimento renascentista que se desenvolveu na Europa desde o início da Idade Moderna e que procurou superar a visão teológica e dogmática ainda predominante na sociedade europeia. Dessa forma, os fenômenos naturais passam a ser percebidos por uma ótica científica e não mais mística.

b) A pobreza do Haiti é entendida inicialmente como um problema estrutural, ou seja, tem suas raízes no processo de colonização desenvolvido pelos franceses, dentro do modelo tradicional de exploração, baseada na plantation de cana-de-açúcar com a utilização do braço escravo africano. Esse modelo, determinado pela lógica mercantilista, promoveu a acumulação de riqueza na metrópole e uma rígida divisão social.
    Após a independência, o país foi alvo de um grande boicote por parte da comunidade internacional (incluindo aqueles que se diziam liberais como os Estados Unidos e a Venezuela de Bolívar), pois a luta pela independência caracterizou-se por uma “Revolução Negra”, com forte componente “racial”, eliminando a velha elite branca – francesa – do novo país. Tal isolamento somente foi reduzido com o pagamento de uma pesada indenização para a França, ao longo do século XIX.
            Em 1915 o Haiti foi ocupado por tropas dos Estados Unidos, que permaneceram no país até 1934, deixando-o nas mãos de um governo pró-americano e com uma legislação favorável aos interesses dos investidores estrangeiros.  

Resposta da questão 6:
 Inserido na passagem da Idade Média para a Moderna. O racionalismo, experimentação, observação, individualismo e valorização do homem foram os valores renascentistas. Outros exemplos do período: Gioconda, de Da Vinci, Moisés, de Miguel Angelo e etc.
A redação deve conter o conceito de antropocentrismo, as características da arte renascentista; relacionar com o desenvolvimento da burguesia.  

Resposta da questão 7:
 a) Os três textos exaltam o gênero humano e sua capacidade criadora. A concepção neles presente é o humanismo.
b) Pico della Mirandola exalta o humanismo renascentista que foi buscar no passado greco-romano que reviveram Sófocles e Cícero.  

Resposta da questão 8:
 São características fundamentais do Renascimento:
Humanismo - valorização do homem, estudos dos clássicos gregos e romanos, observação e experimentação que criaram os alicerces da ciência moderna.
Antropocentrismo - o homem passa a ser o grande indagador dos fenômenos que ocorrem consigo e na natureza. A procura de respostas traz a Razão,  em detrimento da postura passiva perante à vontade de Deus.  

Resposta da questão 9:
 Na transição feudo-capitalismo, no renascimento comercial, urbano e buscavam a inspiração na cultura clássica greco-romana.  

Resposta da questão 10:
 As cidades eram centros econômicos e preservavam a cultura clássica. Os mecenas eram os patrocinadores dos artistas.  


Links para questões comentadas de outras disciplinas: 

http://praticandoalinguaportuguesananet.blogspot.com.br/


Bons estudos!

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Trabalho Artes no ensino médio, em escola estadual... e somos carentes de materiais. Parabéns, professor! Gostei demais! Será muito útil para mim e para meus queridos alunos. Obrigada! Abraço.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

HOTWORDS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Follow by Email

Textos relacionados