Google+ Followers

Oriente Médio e Palestina

sábado, 22 de abril de 2017

Guerra do Iraque e queda de Saddam



1. Dez anos após o início da guerra do Iraque (20 de março de 2003), o país ainda tem muitos problemas, o que pode ser constatado no comentário feito por John Kerry, Secretário de Estado Americano, em visita ao Iraque:

Pela primeira vez, muitos iraquianos vivem a experiência de poder expressar livremente sua opinião, de poder se organizar politicamente sem obstáculos, porém seria falso esconder que ainda há muito a fazer.

(
www.dw.de. Acesso: 20/9/2013.)

Considerando-se as motivações e as consequências do referido conflito, é CORRETO afirmar que
a) os EUA iniciaram, mesmo com a maciça rejeição dos países europeus, uma ofensiva militar contra o Iraque, visto que estavam insatisfeitos com a liderança de Saddam Hussein no Oriente Médio e desejavam incentivar a guerra santa contra o Ocidente.
b) as principais justificativas para o início do conflito foram a suposta existência de armas de destruição em massa (químicas e biológicas) e a necessidade de se levar a democracia para o Iraque, com a derrubada da ditadura de Saddam Hussein.
c) o conflito transcorreu por três longos anos, ceifando a vida de milhares de soldados americanos, que viam dificuldades em vencer as forças armadas iraquianas, especialistas em táticas de guerrilha aprendidas com o exército vermelho chinês.
d) a atual situação política do Iraque mudou consideravelmente, uma vez que foi atingida a democracia plena e os grupos terroristas foram todos banidos do país pelas tropas americanas, que ainda continuam garantindo a ordem.




Resposta:

[B]

Somente a alternativa [B] está correta. Após o “11 de setembro” de 2001, o presidente dos EUA, George W. Bush, do partido Republicano, criou o famoso eixo do mal estabelecendo os inimigos da nação estadunidense. Entre eles estava o presidente do Iraque Saddam Hussein acusado de possuir armas de destruição em massa (químicas e biológicas) e governar de forma ditatorial o Iraque. O governo dos EUA implantou bases militares em lugares estratégicos no Oriente Médio, conseguiu eliminar o presidente Saddam Hussein, porém não foram encontradas as armas químicas e biológicas. Havia um interesse econômico dos EUA no petróleo do Iraque. As demais alternativas estão incorretas. A situação do Iraque não melhorou consideravelmente, basta observar o texto. O exército vermelho chinês não treinou soldados iraquianos






2. Em 19 de março de 2003 as forças armadas americanas aliadas a britânicos e outras forças iniciaram a Segunda Guerra do Golfo, ou Guerra do Iraque. Essa é a guerra que produziu o maior número de baixas nas forças americanas desde a Guerra do Vietnã, e que já custou aos contribuintes norte-americanos mais de 200 bilhões de dólares.
Considerando o tema apresentado marque (C) Certo ou (E) Errado para as afirmativas abaixo, referentes à invasão e à guerra do Iraque (2003-2011).

( ) A invasão foi justificada pelo governo americano em face da necessidade de derrubar o então presidente iraquiano Saddam Hussein e de estabelecer um regime democrático naquele país.
( ) A invasão do país obteve amplo apoio internacional e foi autorizada pelo Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU).
( ) Os guerrilheiros curdos, durante a guerra, lutaram ao lado dasforças internacionais lideradas pelos Estados Unidos e pelo reino Unido.
( ) A guerra culminou com a saída das tropas norte-americanas em dezembro de 2011, derrotadas pelos insurgentes iraquianos, que logo fundaram uma República islâmica no país.
( ) A derrubada do governo xiíta do partido Baath abriu caminho para a ascenção das minorias sunitas e curdas, que passaram acontar com o apoio do governo norte-americano.






CERTO. A invasão dos EUA no Iraque ocorreu em 2003, um pouco depois do 11 de setembro. O governo dos EUA, George W. Bush, no contexto da “Doutrina Bush”, alegava que o ditador da Iraque possuía armas de destruição em massa e que era necessário implantar um regime democrático naquele país.

ERRADO. A invasão dos EUA não foi autorizada pelo Conselho de segurança da ONU e não teve amplo apoio internacional.

CERTO. Os curdos no Iraque estão localizados em uma região rica em petróleo e na década de 1980, o ditador Saddam Hussein usou armas químicas para matar milhares de curdos. Daí que durante a invasão dos EUA no Iraque, os curdos apoiaram os USA.

ERRADO. Em 2006 Saddam Hussein foi executado, após um julgamento, cujo tribunal ele nunca reconheceu a legitimidade, junto com seus aliados. As tropas norte-americanas não foram derrotadas.








3. Em 11 de Setembro de 2001, os EUA sofreram um ataque que matou centenas de pessoas e destruiu um símbolo de sua arquitetura conhecido como World Trade Center. A respeito deste acontecimento, é correto afirmar que
a) o ataque de 11 de Setembro abalou fortemente o governo democrata de Bill Clinton que buscava encontrar uma saída pacífica em relação aos conflitos com o Afeganistão.
b) após o atentado, o governo Bush fez aprovar o Ato Patriota – um conjunto de leis que cerceavam os direitos individuais e permitiam obtenção de informações dos cidadãos sem autorização judicial.
c) o ataque de 11 de Setembro foi um ato isolado de forças extremistas islâmicas que foi rapidamente controlado pelas tropas norte-americanas no Iraque.
d) dez anos depois do atentado, o governo norte-americano conseguiu prender e levar a julgamento Osama Bin Laden, líder do grupo islâmico Al Qaeda, responsável pelo ataque de 11 de Setembro.
e) o ataque de 11 de Setembro foi uma resposta do governo iraquiano de Saddam Hussein contra a apreensão das armas químicas e nucleares encontradas, em seu país, pelas tropas norte-americanas.




Resposta:

[B]

Devido à falha na segurança e no serviço de inteligência, o que possibilitou o sequestro dos aviões lançados nas Torres Gêmeas e no Pentágono, o governo americano criou, após os atentados, um conjunto de leis de segurança nacional que visavam vigiar e monitorar os cidadãos em busca de evidências terroristas.






4. Em janeiro de 1979, Reza Pahlevi, Xá do Irã, frente à crescente oposição política e popular, fugiu do país criando uma crise política que culminou com a vitória dos partidários do clérigo xiita Ruholá Khomeini.
Assinale a alternativa que indica corretamente a política da República Islâmica do Irã após a revolução.
a) A nacionalização dos recursos naturais impedia o processo de exploração do petróleo pelas grandes empresas multinacionais que, até então, tinham sede no país.
b) A adesão do Irã à União das Repúblicas Socialistas Soviética, o que agravou ainda mais tensões da chamada segunda Guerra Fria.
c) A criação de um sistema político multipartidário e democrático.
d) A imediata declaração de "guerra santa" contra os sunitas do Iraque, governado nessa época por Saddam Hussein.
e) Aceitação da existência de um Estado judeu na Palestina e o estabelecimento de relações diplomáticas com Israel.








Bons estudos,



Professor Arão Alves







Nenhum comentário:

Postar um comentário

HOTWORDS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Follow by Email

Textos relacionados