Google+ Followers

Oriente Médio e Palestina

domingo, 8 de abril de 2012

Sugestão de estudo complementar para a prova de História FG 1º ano


Este post contém 11 questões discursivas com seu respectivo gabarito comentado. Esse material é complementar e não substitui a leitura e  revisão das questões do material UNO. Tem como fito contribuir para fortalecer o conhecimento daquele aluno que não se conforma em tirar uma nota menor do que "10" e sempre quer mais um pouquinho antes da prova. Bons estudos!!!
Além das questões, disponibilizei links para pequenos vídeos que abordam a Grécia de forma muito interessante. Espero que gostem!

Professor Arão Alves.
1. (Unicamp 2011)  À Ilíada, epopeia guerreira, sucede a Odisseia, pacífica coletânea de lendas e aventuras marítimas. Esse contraste corresponde a uma mudança, quando os povos da região renunciam às lutas em territórios muito estreitos e se voltam para os países longínquos. Os poemas homéricos são contemporâneos da grande expansão marítima dos fenícios e a Odisseia está cheia de violências e rapinas de todo tipo praticadas pelos fenícios, apresentados como mercadores descarados e bandidos sem escrúpulos; mas devemos levar em conta, nessas narrativas, as rivalidades comerciais.
(Adaptado de J. Gabriel-Leroux, As primeiras civilizações do Mediterrâneo. São Paulo: Martins
Fontes, 1989, p. 67-68.)

a) Segundo o texto, quais seriam as razões históricas da diferença entre a Ilíada e a Odisseia?
b) Como a organização política de fenícios e gregos os diferenciava da civilização egípcia?
 
2. (Unesp 2007)  Um dos mais antigos registros escritos conhecidos surgiu no Egito. A região foi também berço do Estado e da diferenciação social. Escrever requeria anos de aprendizado e apenas alguns poucos, como os escribas, dedicavam-se a essa tarefa. Nos dias atuais, o conceito de analfabetismo mudou. A Unesco adota a noção de analfabeto funcional: pessoa capaz de escrever e de ler frases simples, mas que não consegue usar informações escritas para satisfazer suas necessidades diárias e para desenvolver seu conhecimento. Explique para que servia a escrita no Egito antigo e relacione o conceito contemporâneo de analfabetismo com a ideia de exclusão social.
 
3. (Unicamp 2006)  A característica mais notável da Grécia antiga, a razão profunda de todas as suas grandezas e de todas as suas fraquezas, é ter sido repartida numa infinidade de cidades que formavam um número correspondente de Estados. As condições geográficas da Grécia contribuíram fortemente para dar-lhe sua feição histórica. Recortada pelo embate entre a montanha e o mar, há uma fragmentação física e política das diferentes sociedades.
                (Adaptado de Gustave Glotz, "A cidade grega". São Paulo: Difel, 1980, p. 1.)

a) Segundo o texto, qual a organização política mais relevante da Grécia antiga? Indique suas principais características.
b) Relacione a economia da Grécia antiga com as condições geográficas indicadas no texto.
 
4. (Fuvest 2006)  Tendo em vista as cidades-estado (polis), comente a seguinte passagem do livro "História" (Livro VIII, 144), na qual Heródoto verifica a existência da "unidade de todos os helenos pelo sangue e pela língua, e os templos dos deuses e os sacrifícios oferecidos em comum, e a semelhança de nossa maneira de viver".
Faça o comentário em termos
a) da identidade dos gregos.
b) do significado da polis.
 
5. (Unesp 2005)  Observe e compare as imagens seguintes.

a) Cite uma diferença na forma de representação do corpo humano numa e noutra escultura.
b) Explique a importância da escrita para o Estado egípcio na época dos faraós e a dos jogos olímpicos para as cidades gregas do século VIII a.C. ao V a.C.
 
6. (Fuvest 2003)  "Cada um deve observar as religiões e os costumes, as leis e as convenções, os dias festivos e as comemorações que observavam nos dias de Dario. Cada um deve permanecer persa em seu modo de vida, e viver em sua cidade (...). Porque eu desejo tornar a terra bastante próspera e usar as estradas persas como pacíficos e tranquilos canais de comércio."
"Edito de Alexandre para os cidadãos das cidades persas" conquistadas.331 a. C.

A partir do texto, responda:
a) Quem foi Alexandre e quais os objetivos de suas conquistas?
b) Indique algumas características do "helenismo".
 
7. (Unicamp 2003)  A relutância dos aliados da Liga de Delos em pagar tributos aumentou quando Atenas decidiu dedicar o enorme excedente acumulado por quase trinta anos para reconstruir os templos e monumentos da Acrópole ateniense, destruídos pelos persas em 480 e 479 a. C.. (Adaptado de Peter Jones (org.), "O Mundo de Atenas: uma introdução à cultura clássica ateniense". São Paulo, Martins Fontes, 1997, p. 241.)

a) O que foi a Liga de Delos e quais seus objetivos iniciais?
b) Quais os mecanismos que asseguravam a hegemonia ateniense sobre seus aliados neste período?
c) Qual a importância da Acrópole na Atenas clássica?
 
8. (Unesp 2003)  O palácio real constitui naturalmente, na vida da cidade mesopotâmica, um mundo à parte. Todo um grupo social o habita e dele depende, ligado ao soberano por laços que não são somente os de parente a chefe de família, ou de servidor a senhor. (...) Este grupo social é numeroso, de composição muito variada, abrangendo trabalhadores de todas as profissões, domésticos, escribas, artesãos, homens de negócios, agricultores, pastores, guardiões dos armazéns, etc., colocados sob a direção de um intendente. É que a existência de um domínio real, dotado de bens múltiplos e dispersos, faz do palácio uma espécie de vasta empresa econômica, cujos benefícios contribuem para fundamentar solidamente a força material do soberano.
(Aymard/Auboyer, "O Oriente e a Grécia - As civilizações imperiais".)

a) Como se organizava a vida social e política na Mesopotâmia?

b) Um dos grandes legados da Mesopotâmia foi a criação do Código de Hamurabi. Quais os principais aspectos desse Código?
 
9. (Fuvest 2001)  No antigo Egito e na Mesopotâmia, assim como nos demais lugares onde foi inventada, a escrita esteve vinculada ao poder estatal. Este, por sua vez, dependeu de um certo tipo de economia para surgir e se desenvolver.

Considerando as afirmações acima, explique as relações entre:

a) escrita e Estado;

b) Estado e economia.

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:
Heródoto, o principal historiador da antiguidade, descreve a população Egípcia trabalhando em 550 a. C. de seguinte forma:
                "Eles extraem os frutos da terra com menor labor do que qualquer outro povo... porque estão livres do trabalho de desatar a terra com arado, ou com enxada, ou qualquer outro processo que o homem empregue para obter colheitas de cereais; quando o rio entende de irrigar os campos e depois retira as águas, cada homem semeia seu lote e lança os porcos; depois que as sementes estão bem enterradas pelo patinhar dos porcos, eles os retiram e esperam o tempo da colheita..."


10. (G1 1996)  Conforme o texto do historiador Heródoto, faça as seguintes interpretações:

a) Por que extraem frutos da terra com menor labor que qualquer outro povo?
b) Qual a melhor condição para que o egípcio comece a semear a terra?
 
11. (Fuvest 1985)  Caracterize as relações entre os camponeses e o Estado no Egito antigo.
 

Gabarito: 

Resposta da questão 1:
 a) Segundo o texto a Ilíada retrata uma grande aventura militar, durante a Guerra de Tróia, quando povos gregos desenvolveram uma política de expansão. A Odisseia retrata a relação amistosa entre os povos gregos, num contexto marcado pela expansão do comércio.

b) Tanto os fenícios como os gregos antigos se organizavam politicamente em cidades-estado, ou seja, as cidades eram unidades políticas soberanas e não estavam subordinadas a um governo central. Isso significa que para essas duas sociedades, o fato de pertencerem a um povo não significou a formação de uma nação. Na antiguidade, fala-se em povo fenício, mas não existiu um “Estado fenício” e o mesmo ocorreu com os gregos, pois tratamos de povo grego ou da mitologia grega e não existiu a Grécia enquanto Estado. 

Resposta da questão 2:
 No Egito Antigo, o domínio da escrita era privilégio de poucos e estes colocavam-se a serviço do Estado encarregados da  organização da  produção, da arrecadação, da estrutura religiosa e dos registros da historiografia oficial.
Nas sociedades contemporâneas, os analfabetos funcionais, em razão das dificuldades na intrpretação e entendimento das  informações escritas, têm por conseguinte, dificuldades na articulação de conhecimentos que lhes tornem possível participar de forma consciente e verdadeiramente crítica na vida econômica, social e política. Assim sendo, alheios, em muitos casos, à consiência da própria existência e da condição de cidadania, tornam-se marginalizados e alvos da exploração inescrupulosa. 

Resposta da questão 3:
 a) A pólis ou cidade-Estado, cujas principais características eram a soberania, a autonomia e participação direta dos cidadãos nas questões políticas.

b) O relevo montanhoso e o clima árido no continente inibiu a prática da agricultura, restrita aos poucos vales férteis. Porém, nas áreas litorâneas, a facilidade de comunicação com as inúmeras ilhas e com outras regiões do Mediterrâneo, favoreceu o comércio marítimo. 

Resposta da questão 4:
 a) Apesar da ausência de unidade política, os gregos possuíam em comum uma identidade cultural caracterizada pela origem, pela religião e pelo idioma.

b) A polis ou cidade-Estado constituía a base da organização política no Mundo Grego, isto é, as cidades distinguiam-se umas das outras por sua soberania política. 

Resposta da questão 5:
 a)  Quanto a anatomina humana, o "Escriba Sentado" revela uma representação estilizada e simplista, enquanto o "Discóbolo" evidencia maior maior fidelidade. O segundo revela ainda a sensação de movimento e o primeiro um caráter estático.

b) A escrita era fundamental para as questões administrativas e fiscais para o Estado Egípcio, sobretudo na elaboração dos relatórios relativos à coleta e  armazenamento dos cereais nos depósitos do  Estado e sua posterior distribuição entre a população. Os Jogos Olímpicos constituiam, além de significativo evento religioso, um fator de confraternização entre as cidades gregas. 

Resposta da questão 6:
 a) Rei da Macedônia e da Grécia. Os objetivos de suas conquistas seriam preservar a paz nas regiões conquistadas e desenvolver as relações de comércio.
b) Preservação dos elementos culturais persas sob uma dominação política grega (helênica). 

Resposta da questão 7:
 a) Confederação militar liderada por Atenas, formada pela maioria das póleis gregas, com o objetivo de combater o imperialismo persa, dentro das Guerras Médicas.
b) Liderança política, comando militar da Liga de Delos e supremacia naval ateniense.
c) Simboliza o apogeu do desenvolvimento cultural da Grécia Antiga, ocorrido no século V a.C., dentro do Período Clássico. 

Resposta da questão 8:
 a) As civilizações que ocuparam a antiga Mesopotâmia eram organizadas em termos sociais em sociedades estamentais e politicamente, em monarquias teocráticas.

b) Trata-se do primeiro código de leis escritas da História, atribuído ao rei babilônico Hamurábi.
Baseava-se no princípio do "olho por olho, dente por dente", a chamada "Lei do Talião".  

Resposta da questão 9:
 a) Na Antiguidade, a escrita foi um dos fatores que permitiu organizar a estrutura burocrática do Estado. Por meio dela, foi possível ter controle sobre as propriedades e os benefícios gerados pelos trabalhadores de uma sociedade rigorosamente hierarquizada.

b) O Estado se constituiu numa forma complexa de organização social, que empreendeu junto a rios grandes obras de irrigação, aumentando as áreas agricultáveis. Favoreceu ainda o comércio, regulamentando-o e, por ação militar, garantindo a sua segurança. 

Resposta da questão 10:
 a) Durante as cheias do rio Nilo as terras na várzea, ao longo do rio, são cobertas com um limo muito fértil, pronto para o plantio, ao contrário das outras terras que exigem a preparação do solo.
b) Após as cheias terem limpado e adubado o solo e as águas voltarem ao leito normal do rio. 

Resposta da questão 11:
 O Estado é proprietário das terras, planejando a economia e a organização da produção feita pelos camponeses.
O Estado armazena e distribui a produção. 


Série de pequenos vídeos sobre Grécia

Um comentário:

HOTWORDS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Follow by Email

Textos relacionados